A Batalha pelo teu Coração

Se não tens a revelação do poder do reino de Deus e do Seu domínio, viverás com uma mentalidade deste mundo: pessimista e sem fé em Deus e, como consequência, sem esperança nem poder. Somente podemos guardar os nossos corações da mentalidade negativa deste mundo, quando permitimos que a revelação do poderoso reino de Deus governe as nossas mentes.

Sem se aperceberem, muitos filhos de Deus vivem submetidos ao reino das trevas. Não souberam guardar o seu coração e conformaram-se com vidas limitadas e não efetivas, mesmo tendo sido chamados a ser herdeiros de todas as promessas do Pai. Ainda que Deus lhes tenha prometido vida abundante na Sua Palavra, esta não se tem podido manifestar neles. Porquê? Algo está a bloquear a sua habilidade de receber o que lhes pertence legalmente.

Como se estabeleceu esta condição de escassez nas suas vidas, que não lhes permite receber as bênçãos do Reino de Deus? O inimigo tem lançado dardos nas suas mentes que formaram padrões de pensamentos erróneos e estruturas mentais contrárias à Palavra de Deus.

A razão porque não consegues vencer é porque não aprendeste como lutar a batalha pelo teu coração nem como conservar a vitória.

Precisamos de cooperar com Deus para que Ele estabeleça os Seus pensamentos na nossa mente, para que, dessa maneira, consigamos uma mudança irreversível.

Para Deus derramar a plenitude da Sua vida abundante, deves conservar o teu coração inteiro, forte, puro, limpo e seguro. Há uma batalha diária que somente tu podes pelejar a fim de alcançar esse estado de coração.

Provérbios 4:23 – “Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o teu coração, porque dele procedem as saídas da vida.“.

Muitas vezes, oramos para que Deus guarde o nosso coração do pecado, da mentira, do erro. Mas é Ele, na Sua própria Palavra, que nos diz a nós, Seus filhos, que o façamos: “Guarda o teu coração…“. Guarda-o tu, meu filho, minha filha. Somos nós que temos que pelejar esta batalha de guardar o nosso coração. Tantas vezes oramos e depositamos em Deus a “responsabilidade”: guarda-me, livra-me, faz, fala, confirma, revela. Não é errado pedirmos, de maneira nenhuma! É errado é quando desprezamos a Sua Palavra, não a lemos, não escutamos o que o Espírito Santo nos quer revelar, e depois dizemos: “Deus não fala comigo!” A todo o tempo, a Sua Palavra tem as respostas, as confirmações, os segredos, os mistérios, as receitas!

A palavra “coração” na Bíblia refere-se ao homem interior, e não ao coração físico que bombeia o nosso sangue.

Há uma conexão entre a mente, o coração e o espírito do homem. Uma das palavras gregas para mente é “noeo”, que deriva de “nous”, e define-se como “o órgão do espírito e ao mesmo tempo uma função do coração”.

Em Provérbios 4:23 a palavra coração corresponde ao vocábulo hebraico “leb” que significa sentimento, vontade, intelecto, mente, entendimento. No coração está a mente em geral, os pensamentos, a memória, o juízo e a consciência. É ali que reside a sabedoria e o entendimento.

1 Reis 3:12 diz: “… te tenho dado coração sábio e entendido”. Assim, deve entender-se a palavra “coração” em Provérbios, como o homem interior, especificamente a mente e os pensamentos.

Em que condição está o teu coração? Que pensamentos predominam na tua mente? Muitas coisas na nossa vida estão fora de ordem devido à condição do nosso coração e a esses pensamentos que não estão alinhados à Palavra de Deus.

O inimigo lança dardos à nossa mente para estabelecer os seus enganos. Esses dardos são mentiras que guiam as pessoas a condutas erróneas e pecaminosas que as fazem colher o caos, desordem e disfunção em todas as áreas das suas vidas. Isso produz pessoas com um coração ferido, no qual Deus não pode reinar.

Deus quer restaurar a ordem na mente dos Seus filhos, trazendo a Sua ordem e o Seu governo. Deus não pode abençoar a desordem e a confusão.

Na Bíblia encontramos várias pessoas, como Salomão, que apesar de receber sabedoria, mais tarde pecou e tornou-se pessimista. Porquê?

Porque deixou de ter uma relação sólida com Deus. Somente através de uma relação com o Deus Todo Poderoso temos poder para superar as circunstâncias da vida. Salomão terminou a sua vida com uma mentalidade pessimista em vez de uma mentalidade de reino, cheio de fé. Quando a dúvida entra no nosso coração é o caminho aberto para a derrota.

Numa conferência em que assisti, com o pr. Tiago Brunet, questionaram-no: Por que é que um homem como Salomão, tão cheio de sabedoria e conhecimento, terminou a dizer, de forma desoladora, “tudo é vaidade”? Tiago Brunet respondeu: “Só há uma coisa que é mais forte que a sabedoria: o amor. E o que sucedeu com Salomão foi que ele terminou a amar alguém que o fez desviar dos caminhos de Deus.”

Isto diz-nos tanto! O que é que estamos a amar? O que é estamos a pôr em primeiro lugar? O que é que estamos a escolher fazer nas nossas vidas? Isso aproxima-nos de Deus, do propósito para as nossas vidas? Estamos a ser efetivos no tempo que investimos nas coisas? Ou estamos simplesmente a ver os dias passar, à espera nem sabemos bem do quê, e isso está, dia após dia, a afastar-nos do que é Eterno?

A menos que mantenhamos uma relação íntima contínua com Deus, não vamos poder exercer domínio sobre o nosso homem interior, as nossas circunstâncias, problemas nem sobre o inimigo.

Devemos aprender a guardar o nosso coração do embate de pensamentos negativos que são lançados à nossa mente a cada dia.

Se não mantivermos uma relação íntima com Deus, os problemas da vida e a oposição inimiga vão-nos vencer e não chegaremos a ter a mentalidade de expansão vitoriosa que Deus quer que tenhamos.

Transformai-vos e sereis prósperos!

Romanos 12:2 – “E não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.

Cada vez que removes um engano de satanás e estabeleces um pensamento de Deus na tua mente, recebes a ordem e o governo de Deus, e permites que a bênção de Deus seja estabelecida nessa área da tua vida. E é com essa bênção que vais influenciar o mundo ao teu redor. Só assim poderemos levantar uma geração que teme a Deus e chegar a ser verdadeiramente frutíferos na terra, governar sobre ela, e subjugá-la como Deus nos mandou.

A transformação só virá quando renovarmos o nosso entendimento. Com quê? Com a Palavra de Deus, com a revelação do Espírito Santo à nossa vida, com tudo o que nos faça conhecer e experimentar a boa, agradável e perfeita vontade de Deus!

Se desejares que as bênçãos de Deus se derramem na tua vida, tens que ultrapassar os obstáculos que te têm detido de recebê-las.

Estes obstáculos estão no teu homem interior, e é imprescindível que renoves a tua mente com a Palavra de Deus para triunfar sobre eles.

A “libertação do Reino” é uma transformação total do coração e da mente, pela ação do Espírito Santo. Isto alcança-se quando uma pessoa se entrega continuamente ao governo de Deus com todo o seu coração, alma, mente e forças, e mantém-se em contínua e total dependência de Cristo Jesus como seu Senhor e Salvador.

O obstáculo que enfrentamos é aquele que o inimigo, de contínuo, nos tenta, com maus pensamentos, com o propósito de que nos rebelemos contra o governo de Deus e contra as Suas leis.

O Processo de Transformação

Filipenses 4:8 – “Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai.

Aqui está o segredo! Como vou renovar a minha mente? Enchendo-a com o que é bom! Com o que é verdadeiro, honesto, puro, justo, amável, de bom nome, de virtude, de louvor! É nisso que devo pensar! Onde ocupas a tua mente? Pára um pouco e medita sobre isto. Em 24 horas do teu dia, onde param os teus pensamentos? Em que ocupas o teu pensar?

O processo de transformação começa quando, de contínuo, substituímos os pensamentos maus com a Palavra de Deus. Para guardares o teu coração, tens que começar por guardar a tua mente. Porque aquilo que pensas, desce ao teu coração e daí procedem todas as tuas decisões, escolhas e atitudes. Se aprendes a guardar o teu coração, então o inimigo não poderá continuar a ganhar vantagem sobre ti. Coração e pensamentos estão, por isso, totalmente conectados. Passarás de ser inseguro, instável e desconfiado, a ser uma mulher ou um homem de Reino, cheios de fé, a caminhar para cumprir o propósito específico que Deus lhe deu.

Como filhos, temos direito a ter a vida abundante de Deus, ao Seu poder libertador, ao gozo de Deus e a uma herança espiritual dada por Ele. Toma posse! Crê! Muda o teu pensamento e sê aquilo que foste desenhado para ser!